CFP: 15 CAPSI – Conferência da Associação Portuguesa de Sistemas de Informação, 2 e 3 de Outubro, Lisboa

A CAPSI 2015 – 15ª Conferência da Associação Portuguesa de Sistemas de Informação irá realizar-se em Lisboa nos dias 2 e 3 de Outubro. A APSI é o representante oficial da AIS – Association for Information Systems em Portugal (PTAIS Chapter).

A CAPSI 2015 pretende continuar a afirmar-se como um espaço de partilha de experiências entre os membros da comunidade de sistemas de informação, provenientes das instituições do ensino superior, dos centros de investigação e das empresas, em Portugal e nos países lusófonos.

O programa da CAPSI 2015 contempla diversas iniciativas incluindo sessões de apresentação e de debate de artigos e posters, um Doctoral Consortium e um concurso de Casos de Estudo.

A submissão de trabalhos está aberta às comunidades académica e empresarial com trabalhos de investigação e desenvolvimento relevantes no domínio dos sistemas de informação. Os documentos a submeter deverão ser escritos em português, inglês ou castelhano.

Na edição de 2015, serão aceites trabalhos sob a forma de:

  • artigos, os quais serão considerados full-paper, deverão ter no máximo 6.000 palavras e respeitar o formato definido para a conferência;
  • posters, deverão ter no máximo 3.000 palavras e respeitar o mesmo formato.

Datas Importantes:

  • 2 de Junho de 2015 – Submissão de artigos e posters à conferência e ao Doctoral Consortium, apresentação de propostas para organização de workshops, apresentação de casos de estudo, etc.
  • 21 de Julho de 2015 – Notificação dos resultados
  • 4 de Setembro de 2015 – Submissão da versão final dos artigos
  • 2 e 3 de Outubro de 2015 – Conferência
  • 15 de Novembro de 2015 – Submissão de versões estendidas em inglês para publicação em revistas internacionais

Cada artigo será revisto, no mínimo, por dois revisores em double-blind review. Os autores deverão omitir qualquer referência ao seu nome e contacto em todo o textbrandingo do artigo, incluindo a secção de referências bibliográficas.

Podem consultar mais informações sobre a 15ª CAPSI no endereço: http://capsi2015.iscte-iul.pt/ .

Carlos J. Costa (presidente da Comissão de Programa da 15ª CAPSI)

19 º Evento PT.JUG: Introduction to Scala with the Play Framework

Estão abertas as inscrições para o 19º evento do PT.JUG marcado para o próximo dia 19 de Fevereiro.

O encontro será realizado no edifício ISCTE II do ISCTE-IUL, sala C103, e conta com a colaboração do Mestrado de Open Source Software (MOSS).

Como tendo sido habitual, no final do evento será sorteada uma licença para a última versão do IntelliJ IDEA.

Agenda:

  • 18h30 – Boas vindas e networking
  • 19h00 – Introduction to Scala with the Play Framework
  • 19h45 – Intervalo
  • 20h00 – BoF prioridades para 2015
  • 20h45 – Jantar e networking

Introduction to Scala with the Play Framework

 

 

Abstract

A Play framework é a framework web mais usada para desenvolvimento Scala (mas também suporta Java), cujas principais características são o asincronismo, o focus na verificação de tipos e ciclos curtos de resposta a alterações. Nesta apresentação serão apresentadas as principais funcionalidades e a filosofia da framework através da construção de pequenos exemplos desenvolvidos em directo.

João Ferreira

Graduado desde 2009 com o Mestrado em Engenharia Informática e de Computadores pelo IST, tem 5 anos de experiência profissional em integração de sistemas e desenvolvimento web em linguagens como Java, C#, JavaScript e mais recentemente em Scala. Pode ser encontrado no Twitter em @jtjeferreira.

 

 

 

 

BoF prioridades para 2015

Abstract Debate sobre algumas das tecnologias e ferramentas Java a manter debaixo de olho para o ano de 2015.

03/12/2014: MongoDB (19h)

Registo: http://www.eventbrite.pt/e/bilhetes-smart-talks-mongodb-14498255673

Local: Edifício 2, Auditório B203

Orador: Gaspar Brogueira

Título da Sessão: MongoDB: Conceitos básicos de um novo paradigma de armazenamento de dados

Descição da Sessão:

Nesta apresentação serão abordadas as principais características do MongoDB assim como os conceitos básicos do NoSQL. Alternando a teoria com a prática, pretender-se-à demonstrar a utilização do MongoDB enquanto base de dados robusta, flexível e escalável no contexto do armazenamento de informação não estruturada.

highres_14391580.jpeg

Ubuntu Open Day

A Comunidade Portuguesa do Ubuntu, o MOSS – Mestrado em Software de Código Aberto e o ISCTE-IUL ACM Chapter organizaram, no passado dia 11 de Outubro, o Evento “Ubuntu – Open Day”. Este encontro  teve por objetivo a divulgação do Sistema Operativo Ubuntu. Sendo aberto ao público em geral e dirigido a todos os interessados independentemente dos seus conhecimentos prévios ou possíveis aplicações, permitiu uma discussão franca e aberta não só sobre o Ubuntu, mas ainda sobre o Linux e outros sistemas operativos.

Este evento decorreu no CLUBE ISCTE. Às 9:30, o director do Mestrado em Software de Código Aberto (Carlos J. Costa), fez a apresentação do evento e falou sobre a sua importância no contexto do mestrado. Em seguida, Nuno Cancelo (Vice-Chair do ISCTE-IUL ACM Chapter), fez a apresentação do ISCTE-IUL ACM Chapter. Ana Figueiras, lider da Comunidade Ubuntu PT, fez um breve histórial do Ubuntu, falando ainda sobre a comunidade e suas principais realizações. Por fim, Tiago Carrondo, da Comunidade Ubuntu PT, falou sobre alguns aspectos relevantes a ter em linha de conta na instalação e utilização do sistema operativo.
Após pequena pausa, os participantes reuniram-se em grupos, partilhando os seus conhecimentos, esclarecendo dúvidas e discutindo soluções.

 

Free Software Day no ISCTE-IUL

No passado dia 19, realizou-se no ISCTE o Software Freedom Day 2014. Este evento  sobre o Dia do Software Livre, foi organizado pelo MOSS (Master in Open Source Software), com o apoio da ANSOL, do FSFE (Free Software Foundation Europe) e ISCTE ACM Student Chapter.
O evento iniciou com as boas vindas e apresentação do software Freedom Day pelo Prof. Carlos J. Costa, Director do Mestrado em Software de Código Aberto. Em seguida o Director da ANSOL (Rui Seabra) falou sobre a importância do evento no contexto actual, fazendo referência a diversas situações que têm criado limitações à difusão do software livre. Jorge Quitério, propôs a discussão da mensagem de Richard Stallman.